Tour pela Cachaçaria Carvalheira – PE #FaçaDiferente

Olá turma, tudo bem?

O post de hoje é sobre a Cachaçaria Carvalheira onde, tive a oportunidade de conhecer sua história na minha ida a Recife. A empresa, existente há 21 anos, é exemplo de que investir em cachaça pode dar certo. Destaque na economia Pernambucana, a Carvalheira está presente não só em território nacional, como internacional – os países Alemanha, Portugal e França já são destinos certos da bebida.

20160808_103300

DSC00318

Em visita ao espaço, podemos conhecer um pouquinho da história da Carvalheira e do processo industrial – ou seja, de como a bebida é feita.

A Carvalheira começou a escrever sua história na produção de bebidas no Brasil em 1995, utilizando os barris de carvalho para envelhecimento de suas cachaças. Hoje, a empresa é referência na produção de bebidas da mais alta qualidade.

Pode-se dizer que a Carvalheira é uma predestinada a exercer sua especialidade. Sua origem remonta à Quinta da Carvalheira, em Portugal. Uma pequena propriedade repleta de carvalho, árvore que emprestou seu nome ao local e à família e cuja grande qualidade é servir de matéria-prima aos melhores barris para envelhecimento de bebidas.

Mais conhecida como disputado espaço de eventos na cidade do Recife, a sede da Cachaçaria Carvalheira, próxima à estação do metrô da Rua Antônio Falcão, no bairro da Imbiribeira, Zona Sul de Recife, abre suas portas, também, para visitação turística. Na programação de quem vem conhecer a rota Recife-Olinda vale uma parada nas instalações do Parque de Envelhecimento da Carvalheira, onde repousam barris e mais barris de cachaça, à espera de ser envasada, após cinco ou 12 anos de descanso. No tour, que pode ser feito em inglês e espanhol, os turistas não testemunham a fabricação da bebida, mas são apresentados ao seu processo de produção.

A origem do nome:

A Carvalheira é uma árvore originária da Península Ibérica, pertencente à família das Fagáceas, da qual se constroem os melhores barris e tonéis para o envelhecimento de destilados.

20160808_101345.jpg

Foi da Quinta da Carvalheira,  em Portugal, onde a alameda de carvalheiras era tão grande que se perdia de vista, que veio o Carvalheira do sobrenome de Eduardo Carvalheira, empresário da Cachaça Carvalheira.

A Quinta da Carvalheira era de propriedade da família de Frederico Pereira Pinto, português, bisavô de Eduardo Carvalheira, que veio para o Brasil ainda criança.  Aqui no Brasil, em Recife, estabeleceu–se com a família e em 1870 casou se com a senhora Anna Cândida Bandeira de Magalhães.

Da união entre Dona Candinha e o Sr. Frederico Pereira Pinto  nasceram nove filhos, através dos quais  o pai homenageou a antiga Quinta de sua família, oferecendo-lhes o sobrenome Carvalheira.

É a fotografia do Sr. Frederico Pereira Pinto e de Dona Anna Cândida Bandeira de Magalhães e seus nove herdeiros que estampa o rótulo das Cachaças Carvalheira  Premium. No contra-rótulo desses produtos, também pode-se apreciar a carta do pedido de casamento que o então pretendente  enviou aos pais de Dona Candinha, em 1870.

* Quinta é como é chamada, em Portugal, uma propriedade rural, normalmente com casa de habitação.

20160808_101556.jpg

Então pessoal, Gostou da dica?

Me contém um pouco o que acharam?  e um a grande Bjus a todos.


FotoAngélica Lima
Publicitária, Blogueira e fotografa nas horas vagas. Movida por música boa no último volume, apaixonada por fotografia, séries e ama viajar e conhecer lugares novos para contar suas belas histórias.

faceinsta002_Fotor

Anúncios

2 comentários em “Tour pela Cachaçaria Carvalheira – PE #FaçaDiferente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s